TAXÍMETRO

Esse equipamento é verificado anualmente pelo Ipem-MG, para garantir ao cidadão e ao taxista a confiabilidade das medições que serão cobradas.

Fique atento:

• Ao entrar no taxi, observe se o veículo apresenta o lacre e o selo do Ipem-MG, bem como o adesivo amarelo que geralmente é afixado no vidro dianteiro;

• O taxímetro sempre deve ser ligado na presença do passageiro. O primeiro valor que aparece se refere à bandeirada (valor fixado no início da corrida, independente de qualquer movimento do veículo). Em seguida passa a marcar o valor correspondente à quilometragem percorrida e ao tempo parado no trânsito durante o percurso;

• Observe a bandeira que está sendo utilizada. A prefeitura estabelece os dias e horários para a cobrança da bandeira 1 ou 2.