A diretora-geral do Instituto de Metrologia e Qualidade do Estado de Minas Gerais (Ipem-MG), Melissa Barcellos Martinelle, representou os estados da região Sudeste (Espirito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo) durante reunião com a equipe do Ministério da EconomiaTribunal de Contas da União (TCU) e do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), nesta terça e quarta-feira (20 e 21/10). O encontro, sediado em Brasília, teve como objetivo avaliar a proposta do novo convênio a ser celebrado este ano entre o Inmetro e os Ipems de todo o país.

Presidente do Inmetro (ao centro) com dirigentes do órgãos delegados. Foto: Divulgação / Inmetro

Na abertura da reunião, o presidente do Inmetro, Marcos Heleno Guerson, destacou a importância do diálogo para que o novo convênio seja executado e favoreça todos os envolvidos.

Em seguida, o coordenador-geral da Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade do Inmetro (RBMLQ-I), Carlos Otavio Afonso, apresentou a proposta do novo convênio, discutida com os representantes dos órgãos delegados presentes, um de cada região do País.

Os órgãos delegados são os braços executivos do Inmetro nos Estados e formam a RBMLQ-I. Em um modelo descentralizado de atuação, são responsáveis por verificações e inspeções de instrumentos de medição, pela fiscalização da conformidade dos produtos e pelo controle da exatidão das indicações quantitativas dos produtos pré-medidos. Por meio da atuação da RBMLQ-I, as atividades do Inmetro chegam a todo o país.

Na condição de representante da região Sudeste, a diretora-geral, Melissa Barcellos, destacou que a construção conjunta do novo convênio com todos os órgãos envolvidos fortalecerá o trabalho realizados pela RBMLQ-I.

“Estamos fazendo um convênio forte, que garantirá toda a estrutura necessária para atender a sociedade nos quatro cantos do país. Essa medida beneficiará tanto a sociedade quanto os empreendedores que trabalham de maneira séria e com boa fé”, afirmou.

Representantes dos órgãos delegados do Inmetro debates propostas para o novo convênio. Foto: Divulgação / Inmetro

O segundo dia de reunião contou com a presença de representantes da Secretaria de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec) do Ministério da Economia: a subsecretária de Supervisão e Controle, Luiza Deusdará e o analista de Comércio Exterior, Edgar Luiz.

Durante o encontro, foi apresentado a eles o modelo do novo convênio, para que pudessem esclarecer dúvidas e dar orientações para que todo o trabalho aconteça de forma eficiente e benéfica para toda a população.

“Essa iniciativa aproxima o Inmetro dos Ipems, que são os órgãos que de fato executam o trabalho de fiscalização nas pontas, além de trazer uma melhora muito interessante do ponto de vista da gestão, para que possamos entregar mais resultados à sociedade”, avaliou Deusdará.

Participaram também da reunião todas as diretorias do Inmetro, e os dirigentes máximos do Ipem Amazona, Marcio André, representando a região Norte; Imeq Paraíba, Arthur Galdino, o Nordeste; Ipem Mato Grosso, Bento Bezerra, Centro-Oeste; e Ipem Paraná, Rogério Nascimento, representando a região Sul.

Ipem-MG

O Ipem-MG é uma instituição vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Sede) e um órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Executa serviços essenciais para a concorrência justa do mercado de consumo mineiro e nacional, bem como na proteção ao cidadão em suas relações de consumo.

Dentre os serviços e produtos verificados e fiscalizados pelo Ipem-MG estão os postos de combustíveis; produtos pré-medidos, que são aqueles embalados sem a presença do consumidor, como os itens da cesta básica; veículos transportadores de cargas perigosas (combustíveis, ácidos); produtos de certificação compulsória (brinquedos, pneus, preservativos), entre outros.